Miele

Makoto AzumaA beleza delicada da natureza

Se perguntarmos ao artista de renome Azuma Makoto qual é a sua maior inspiração, sem hesitação, irá responder: «A natureza». Porquê? Porque está fascinado pela sua fragilidade e utiliza este meio com paixão para testar e exceder limites.

«Quero levar a criatividade para um patamar completamente novo.»
Makoto AzumaUm artista floral inigualável a nível mundial

O epicentro do seu trabalho criativo é a sua boutique de flores exclusiva em Tóquio. Apesar de tudo, frequentemente abandona a sua cidade natal para viajar pelo mundo, expor e apresentar a sua arte ou descobrir novas flores e plantas. Está continuamente a definir limites para os voltar a expandir. Para criar algo que tenha verdadeiramente influência sobre a humanidade.

Seguindo as pegadas da natureza

«Tenho uma ligação profunda, intuitiva com as flores. Quer seja no meu atelier em Tóquio ou nas minhas viagens, as flores têm sempre um papel na minha vida quotidiana.»
As obras de Makoto têm a sua origem na «Ikebana», a tradicional arte japonesa de arranjar flores. Organizar as flores de forma precisa e enquanto isso comunicar com elas transporta Makoto para um estado meditativo. Nesse momento está completamente calmo e pode deixar a sua criatividade fluir. As esculturas de gelo que criou para a Miele mostram exatamente esse momento e tornam-no percetível a outros.

Azuma e os chefes de renome

«Observei os chefes de renome e fiquei impressionado pela sua excelente arte. Como podem expressar tanta diversidade com um único prato?»

Como filho de um cozinheiro, Makoto observou frequentemente o seu pai durante o trabalho e desenvolveu simultaneamente um grande respeito e entusiasmo por esta profissão: «Cozinhar é uma grande arte e muito idêntica à arte floral. Em ambas as áreas selecionam-se, arranjam-se e controlam-se materiais naturais e imaginem o que é possível despertar nas pessoas com isso.» Se ele não tivesse optado por expressar a sua criatividade com flores, também seria fácil imaginar Azuma na sua cozinha, como cria pratos elaborados com a tecnologia Miele.

Tudo se resume ao equipamento

Se questionarmos Makoto sobre o seu método de trabalho, ele irá de imediato falar sobre a sua tesoura. Quando queremos realizar algo em grande, necessitamos de uma ferramenta na qual possamos confiar. Uma ferramenta que represente o prolongamento do corpo e com a qual se tenha o mais pequeno detalhe sob controlo.
Makoto criou quatro arranjos de flores diferentes, cada um inspirado tanto na tecnologia elementar do respetivo aparelho de cozinhar encastrável como nas paisagens naturais. Um glaciar para o forno Dialog, um deserto para o forno, um lago para a placa de indução e uma floresta tropical para o forno a vapor combinado. Os resultados são combinações de cores e texturas, que representam mundos que anteriormente ninguém imaginaria. Cada um é um convite a exceder todos os precedentes.
«É importante sentirmo-nos bem. Mas também enriquecer as pessoas.»