Deslizar para saber mais

Sobremesas de café

Guloseimas para viciados em café

O café não é só para beber! É também perfeito para criar sobremesas deliciosas como caramelo de café, tuiles de café crocantes e licor de café com conhaque, fava tonka e baunilha. Consegue resistir?

O café é incrivelmente versátil − além de ser uma bebida deliciosa, é perfeita para sobremesas. O seu sabor ligeiramente amargo dá um toque especial a bolos e aromatiza licores. O café combina lindamente com gelado, frutos e bolos e complementa subtilmente muitos outros pratos doces. Sendo assim, só resta uma pergunta: por que não se fazem todas as sobremesas com café?

Expresso Stracciatella

Porções: cerca de 1 litro

Ingredientes:

  • 50 g de café expresso em grão 
  • 1 vagem de baunilha
  • 300 ml de leite
  • 250 g de natas batidas
  • 6 gemas de ovos (ovos médios frescos e biológicos)
  • sal
  • 100 g de açúcar mascavado (açúcar de cana integral, disponível em lojas de produtos naturais)
  • 50 g de xarope de glucose (ver as dicas)
  • 3 colheres de sopa de conhaque
  • 80-100 g de chocolate de café amargo (chocolate de café expresso ou mocha, com pelo menos 60% de cacau)

Preparação:

  1. Colocar um prato grande e plano ou um recipiente refratário no tabuleiro do meio do forno e pré-aquecer. Regulações: Aquecimento por cima e por baixo a 160 °C.
  2. Moer os grãos de café num almofariz, colocar no recipiente aquecido e tostar durante 13–15 minutos. (Ver a receita seguinte).
  3. Golpear a vagem de baunilha longitudinalmente e retirar as sementes. Adicionar as sementes e a vagem, juntamente com o leite e as natas, aos grãos de café e deixar ferver em lume brando. Assim que ferver, retirar imediatamente o recipiente do fogão, tapar e deixar a mistura assentar durante 15 minutos.
  4. Preparar uma taça grande de água gelada.
  5. Deitar a pitada de sal, o açúcar mascavado, o xarope de glucose e as gemas de ovos numa taça (para temperaturas altas e de fundo redondo) e misturar manualmente com o batedor. Colocar a taça sobre uma caçarola pequena em banho-maria e bater até criar espuma. Deitar a mistura quente de café e natas num coador, mexendo continuamente, e continuar a mexer sobre o banho-maria até se conseguir uma consistência cremosa. A mistura não pode sobreaquecer (máx. 85 °C), senão volta a ficar líquida. Meter imediatamente a taça na água gelada e bater até arrefecer.
  6. Misturar o conhaque na mistura arrefecida e congelar numa máquina de gelados. Partir o chocolate, colocar num recipiente pequeno e derreter sobre banho-maria. Deixar arrefecer ligeiramente. Adicionar, lentamente, o chocolate em fio à mistura congelada e mexer.
  7. Colocar o gelado num recipiente de frio pré-arrefecido e guardar no congelador até servir. Se o gelado tiver congelado demais, pode ser colocado no frigorífico durante 10-20 minutos para amolecer antes de ser servido. Serve-se em bolas usando uma colher de gelado ou uma colher normal passada por água e pode ser enfeitado com frutos e caramelo de café ou tuiles crocantes (ver as receitas).

Dicas:

  • Não deve cair água no chocolate derretido, pois iria diluí-lo e endurecê-lo.
  • Pode encomendar o xarope de glucose pela Internet ou fazer o seu: Juntar 50 g de glucose e 50 g de açúcar a 100 ml de água, deixar levantar fervura e reduzir até metade do volume. Deixar arrefecer. Qualquer xarope restante pode ser guardado num frasco tapado por tempo indefinido. O xarope endurecido pode voltar a ser amolecido em banho-maria.
  • Servir os tuiles restantes para conjugar com o gelado.

Tuiles de Café Crocantes

Ingredientes:

  • 1 pacote de açúcar baunilhado 
  • 70 g de açúcar refinado
  • 1 pitada de sal
  • 75 g de farinha (farinha fina para bolos)
  • 1 saqueta de café solúvel (2 g de café instantâneo)
  • 1 colher de sopa de amêndoas moídas
  • 2 colheres de chá de casca de laranja biológica picada
  • 1 ovo (médio)
  • 80 ml de leite
  • 1 folha de ir ao forno de silicone

Preparação:

  1. Colocar os ingredientes num jarro, bater com uma varinha mágica, tapar e deixar assentar pelo menos durante 30 minutos. Preparar o jarro, uma concha de sopa de cabo comprido e um rolo de amassar (ver receita anterior).
  2. Pré-aquecer o forno. Regulações: Aquecimento por cima e por baixo a 160 °C.
  3. Colocar a folha de ir ao forno de silicone num tabuleiro. Usando uma colher de chá ou de sopa, colocar pequenas porções da mistura na folha e espalhar em círculos bastante finos com as costas da colher ou uma espátula pequena. Os círculos da mistura não crescem e não é preciso muito espaço entre eles. Quanto mais fina a mistura, mais crocantes os tuiles.
  4. Levar ao forno, no tabuleiro do meio, durante 12–15 minutos até ficarem bem dourados nas extremidades.
  5. Retirar imediatamente os círculos da folha quente usando uma espátula. Podem ser enrolados de forma a criar pequenos cones e ser colocados individualmente num copo ou ligeiramente encurvados sobre o cabo de uma colher de madeira ou sobre um rolo de amassar. Deixar arrefecer e endurecer. Continuar com o resto da mistura.

Dicas: 

  • Os tuiles só podem ser cozinhados em folhas de ir ao forno de silicone. O papel vegetal não é adequado, pois fica enrugado.
  • A folha não deve ser untada.
  • A mistura também pode ser feita sem usar o café instantâneo.
  • Para fazer cones, os círculos devem ter um diâmetro de 10–12 cm.
  • Os tuiles só podem ser moldados enquanto estão quentes.
  • Os tuiles arrefecidos devem ser mantidos num local fresco e seco até serem usados.

Frutos com Caramelo de Café

Porções: 6

Ingredientes:

  • Cerca de 200 g de frutos (por exemplo: framboesas, morangos, amoras, alperce fatiado, etc.)
  • 6 colheres de sopa de açúcar amarelo
  • 1 chávena de café (cerca de 125 ml)

Preparação:

  1. Lavar os frutos e secá-los suavemente com papel de cozinha.
  2. Deitar o açúcar num tacho pequeno de base grossa e aquecer num nível médio (Nível 7). Assim que o açúcar começar a derreter nas bordas, agitar suavemente o tacho (ver as dicas para a receita de ginjas caramelizadas).
  3. Quando estiver tudo derretido e começar a caramelizar, adicionar o café e 3–4 colheres de sopa de água. Reduzir a temperatura e mexer para dissolver o açúcar. Manter o tacho tapado para não deixar evaporar todo o líquido.
  4. Incorporar os frutos, aquecer e colocar em pratos. Aquecer o caramelo até atingir a consistência pretendida, distribuir pelos pratos de frutos e servir.

Licor de café com conhaque, fava tonka e baunilha

Porções: Para cerca de 1,3 litros

Ingredientes:

  • 1 vagem de baunilha e mais 1–2 adicionais para colocar nas garrafas cheias, caso pretendido
  • 1 fava tonka (seca)
  • 4 sementes de cardamomo verde
  • 450 g de açúcar
  • 70 g de café moído ou expresso (80% Arábica, 20% Robusta, não demasiadamente moído)
  • 0,7 l de conhaque (ou brandy, 40%)

Preparação:

  1. Cortar a vagem de baunilha longitudinalmente, picar juntamente com a fava tonka e as sementes de cardamomo e levar a ferver com o açúcar e 500 ml de água. Cozinhar em lume brando até o açúcar ficar dissolvido.
  2. Incorporar o café, tapar e deixar arrefecer. Adicionar o conhaque, tapar e deixar assentar durante 3-4 dias, mexendo uma vez por dia com uma colher limpa.
  3. Passar o licor por um coador com um pano, despejar em garrafas e deixar maturar durante pelo menos 3 semanas antes de servir.

Dicas:

  • O café com uma moagem mais grossa facilita o processo final de filtragem.
  • Em garrafas pequenas, este licor é um presente excelente.
  • Para uma minissobremesa, servir o licor com uma cobertura de natas.
  • O licor de café pode ser usado sobre sobremesas (por exemplo: cremes de baunilha, pudins, gelados ou bolinhos).

 

Produção: Regine Smith Thyme
Decoração culinária: Marlies Klosterfelde-Wentzel
Decoração: Katrin Heinatz
Fotografia: © Wolfgang Kowall