Deslizar para saber mais

O amor pelo café vertido numa chávena

A paixão de Matthias Peters pelo café deu origem a uma nova mistura

Matthias Peters não consegue imaginar passar um dia sem café. Felizmente, não tem de passar por isso – com a Miele Black Edition N°1, criou uma mistura que para ele resulta sempre.

Matthias Peters não consegue imaginar passar um dia sem café. As suas manhãs começam com uma chávena de néctar escuro. O seu principal objetivo? Puro prazer! A paixão pelo café acompanha-o no seu trabalho enquanto diretor-geral da torrefação Vollmer Privatrösterei. Peters procurava criar uma nova mistura, perfeita para todos os gostos – uma variedade de sabor equiparável a um café expresso, café com natas ou latte macchiato.

Começou a experimentar e a provar. As experiências foram sucedendo-se. Misturou variedades diferentes, testou torragens diferentes, provou uma e outra vez – e continuou a mudar a receita até ficar satisfeito. De seguida, apresentou a mistura à Miele, que gostou do que ele tinha criado. Mas, segundo Peters, o café perfeito é mais do que apenas uma mistura original. Necessita também de muito tempo e atenção. Depois de ter conquistado a Miele, o seu café retornou para as máquinas e ele para ainda mais provas na busca pelo resultado supremo. Atualmente, este especialista em nuances produz a mistura Miele Black Edition N°1 na sua torrefação.

Os grãos são torrados moderadamente durante apenas 20 minutos para que abram e libertem o seu aroma. Matthias Peters também se preocupa com o ambiente e só utiliza café de comércio justo criado organicamente. Ele acredita realmente que o seu amor pelo café pode ser degustado.

Autor: Maria Berentzen
Imagens: © Miele