Deslizar para saber mais

Tempo de leitura: 1 minuto

Caldo de carne e café com espuma de leite de manjericão

Receita para uma bebida energética invulgar

Caldo de carne como bebida energética? Parece um gosto adquirido, mas, aparentemente, oferece todos os tipos de benefícios para a saúde. Uma receita para aventureiros.

O caldo de carne tradicional tornou-se numa nova tendência! Este caldo feito de ossos e vegetais cozidos foi sempre considerado saudável devido aos minerais, proteínas e aminoácidos que são transferidos para o caldo durante a sua cozedura. Os nossos avós conheciam bem as suas vantagens. Agora, com a inclusão de grãos de café Arábica e um pouco de xerez seco, uma pitada de especiarias orientais e uma cobertura de espuma de leite de manjericão, este caldo tornou-se uma bebida energética estimulante.

8-10 porções (cerca de 1,25 L de caldo)

Ingredientes:

  • 2 cebolas médias
  • 1,5 kg de ossos de carne de vaca (cortados em pedaços pequenos)
  • 500 g de legumes para sopa e 1 mão cheia de champignons (picar tudo)
  • 50 g de grãos de café (Arábica)
  • 60 g de raiz de gengibre
  • 2 folhas de louro
  • 3 raminhos de tomilho
  • 6 sementes de cardamomo abertas
  • 1 colher de chá de caril em pó,
  • uma de pimenta preta em grão e outra de pimenta-da-jamaica
  • 2 malaguetas (cortadas)
  • Sal
  • pimenta acabada de moer
  • 4-6 colheres de sopa de xerez seco (fino)
  • folhas de manjericão para guarnecer

Para clarificar o caldo:

  • 3 claras de ovo (bater sem levar ao ponto de castelo)
  • 250 g de legumes para sopa (picados),
  • 1 dente de alho (esmagado)
  • ½ colher de chá de pimenta,
  • ½ colher de chá de pimenta-da-jamaica
  • ½ colher de chá de alhos e bagas de zimbro (esmagados)
  • 1 colher de sopa de raspa de limão biológico
  • 400 g de carne de vaca moída

Espuma de leite de manjericão:

  • 1 punhado de folhas de manjericão
  • 200 ml de leite UHT (3,5% de gordura)
  • sal
  • pimenta-de-caiena

Preparação:

  1. Partir as cebolas descascadas ao meio e colocá-las com a parte cortada para cima, juntamente com os ossos, no tabuleiro universal, levar ao forno no terceiro nível a contar de baixo e ligar a função grill. Regulações: Função de Large grill / 240 °C.
  2. Após 10 minutos, mexer os ossos com uma espátula de cozinha para envolver com os vegetais picados. Grelhar durante 40 minutos, virando frequentemente, até os vegetais ficarem ligeiramente dourados.
  3. Esmagar os grãos de café num almofariz e picar o gengibre com casca. Espalhar sobre os ossos e os vegetais e grelhar durante alguns minutos.
  4. Colocar as folhas de louro, o tomilho, o cardamomo, o caril em pó, a pimenta preta e a pimenta-da-jamaica num tacho grande. Adicionar o preparado do tabuleiro universal e adicionar 1,8 L de água fria. Deixar ferver em lume máximo e, depois, tapar e deixar a cozinhar com o lume no mínimo (nível 1–2) durante pelo menos 6 horas (é melhor de um dia para o outro).
  5. Deixar o caldo arrefecer ligeiramente e passar por um coador fino, espremendo bem o líquido dos resíduos do caldo. Deixar arrefecer e coar a gordura superficial.
  6. Colocar todos os ingredientes da fase de clarificação numa panela e misturar muito bem, de preferência à mão. Juntar o caldo já sem a gordura superficial, deixar levantar fervura no fogão e depois deixar em lume brando durante 5 minutos. Mexer lentamente com uma espátula de cozinha para não ficar nada pegado ao fundo da panela. Retirar a panela do fogão e deixar a mistura assentar durante 1 hora. Usando um coador com um pano, coar o conteúdo da panela. Deixar o líquido arrefecer e, se for necessário, coar novamente a gordura superficial.
  7. Temperar bem o caldo frio com sal, malaguetas, pimenta preta e xerez.
  8. O caldo é servido diretamente em copos na hora. Para fazer a espuma de leite, lavar as folhas de manjericão e colocar numa liquidificadora de copo alto com uma pitada de sal e de pimenta-de-caiena. Aquecer o leite, adicionar as folhas da liquidificadora e transformar em puré com uma varinha mágica. Apanhar a espuma com uma colher de gelado e pousar sobre o topo do caldo. Guarnecer com um raminho de aipo (opcional). Servir imediatamente.

Dicas:

  • O caldo também pode ser servido morno ou quente, mas, neste caso, reduz-se o tempero.
  • O caldo restante pode ser congelado em pequenas porções, numa cuvete de gelo ou em pequenos boiões com tampa de rosca, para poder ser usado em cozinhados ou molhos noutra ocasião.
  • Caso se prefira, pode substituir-se as folhas de manjericão por folhas de aipo.
  • A melhor forma de criar a espuma do leite é com um espumador de leite clássico como os usados para os cappuccinos.

Produção: Regine Smith Thyme
Decoração culinária: Marlies Klosterfelde-Wentzel
Decoração: Katrin Heinatz
Fotografia: © Wolfgang Kowall